10º Encontro: FASCÍCULO 4 O USO DO DICIONÁRIO NA ESCOLA


“EXISTEM

 MUITO MAIS

EXPLICAÇÕES

PARA O

 MOMENTO

 PRESENTE DO

QUE AQUELAS

 QUE  A RAZÃO

 PODE CAPTAR

ATRAVÉS DOS

CINCO SENTIDOS”.




10º ENCONTRO

TUTORA: JANETE

2011

ALFABETIZAÇÃO E LINGUAGEM
Tutora: Janete ferreira
10º Encontro            19/10/2011

·        Leitura-fruição: A lenda do bambu Chinês (Autor desconhecido)
                                                        
·        Vídeo: Vida Maria (Márcio Ramos).    
video
                                                                                                                                  
·        Leitura do Diário de Bordo para retomada do encontro anterior.
FASCÍCULO 4
Unidade III :  O USO DO DICIONÁRIO NA ESCOLA
Objetivo Geral: Incentivar o uso do dicionário como recurso didático, para auxiliar os alunos na aquisição da escrita correta das palavras.
     Objetivos Específicos:
a)   Promover a reflexão sobre a relação entre a escrita e a fala de algumas palavras;
b) Analisar questões implicadas na leitura e pesquisa de palavras, bem como as mesmas estão organizadas no dicionário;
c) Discutir o quanto é prático o uso do dicionário, como recurso didático na ação   alfabetizadora e para o trabalho com a linguagem na escola, no sentido da relação alfabetização, letramento e  da leitura.

·        Atividade em grupo: Fazer uma atividade usando o dicionário.
                                    Tarefa nº 9
Tente definir de maneira bem objetiva uma palavra que você conheça bem. Depois tente outras. E por fim, compare a sua definição com a de um dicionário e também compare sua definição com a de seusalunos.


A lenda do Bambu Chinês

 “Depois de plantada a semente deste incrível arbusto, não se vê nada por aproximadamente cinco anos, exceto um lento desabrochar de um diminuto broto a partir do bulbo”.

Durante cinco anos, todo o crescimento é subterrâneo, invisível a olho nu, mas... uma maciça e fibrosa estrutura de raiz que se estende vertical e horizontalmente pela terra está sendo construída. Então, no final do 5º ano, o bambu chinês cresce até atingir a altura de 25 metros.

Um escritor de nome Covey escreveu: " Muitas coisas na vida pessoal e profissional são iguais ao bambu chinês. Você trabalha, investe tempo, esforço, faz tudo o que pode para nutrir seu crescimento, e às vezes não vê nada por semanas, meses ou anos. Mas se tiver paciência para continuar trabalhando, persistindo e nutrindo, o seu quinto ano chegará, e com ele virão um crescimento e mudanças que você jamais esperava..."

O bambu chinês nos ensina que não devemos facilmente desistir de nossos projetos e de nossos sonhos... Em nosso trabalho especialmente, que é um projeto fabuloso que envolve mudanças de comportamento, de pensamento, de cultura e de sensibilização, devemos sempre lembrar do bambu chinês para não desistirmos facilmente diante das dificuldades que surgirão.





DIÁRIO A BORDO


10º AULA -  Pró – Letramento – Língua Portuguesa.
Registrado por Rosangela Aparecida de Almeida Lima


  Chegamos a mais um encontro onde completaremos o 10º encontro prazeroso de leitura e escrita, que leva-nos ao conhecimento do mundo, letrado, auxiliando- nos a ensinar e compreender o processo de alfabetização dos nossos educando.
    Esse encontro foi realizado no dia 19 de outubro de 2011, na E.M Profª Augusta Novaes Coronado, com a  participação da tutora Janete de Cássia Ferreira e outros cursistas.
   Onde foi apresentado um vídeo mostrando a importância de usar o dicionário no processo de ensino, isto é, na linguagem oral, leitura e escrita, logo após a apresentação oferecida relacionamos com ênfase a importância do material escolar, que todos educadores devem utilizar em sala de aula o dicionário.
    Fomos então a biblioteca para que cada cursista escolhessem o livro na qual lhe chamasse a atenção sendo- o ilustrativo para que após a leitura desses, pudéssemos expor nossas ideias sobre leituras diversas.
    Este seria o intuito do encontro, pois descobrir várias maneiras de ler e interpretar é sempre prazeroso ainda tendo oportunidades de diálogo, realizando atividades em grupo, utilizando o dicionário.
    As mãos do Senhor alimentaram a multidão no deserto, do mesmo modo que quando descobrimos a leitura em nossos alunos, alimentamos o sabor do conhecimento e desenvolvemos seres capazes de agir, reagir diante de certas situações.